Nosso Alzheimer (Portuguese Edition)

Nosso Alzheimer (Portuguese Edition)

ISBN: 9788592051815
Publisher: Carolina Vila Nova
Edition: 1
Publication Date: 2016-04-22
Number of pages: 197
  • $21.99

Any used item that originally included an accessory such as an access code, one time use worksheet, cd or dvd, or other one time use accessories may not be guaranteed to be included or valid. By purchasing this item you acknowledge the above statement.

DESCRIPTION

Prefácio Não é um "conto de fadas", mas é um belo romance... Uma cativante história de amor, tristezas, encanto, dor e perdas: muitas perdas! A doença de Alzheimer, principal tema deste livro, pode ser devastadora! Carolina Vila Nova consegue, com sutileza e maestria, transformar detalhes de um intrincado "complexo psicopatológico" em obra literária – um "adoecer" mental. Sendo assim, gostaria de ousar com duas máximas de um grande psicólogo-escritor (Sigmund Freud): "Não somos apenas o que pensamos ser, somos mais; somos também o que lembramos e aquilo de que esquecemos; somos as palavras que trocamos, os enganos que cometemos, os impulsos a que cedemos, ‘sem querer’.” "Poetas e romancistas são nossos preciosos aliados, e seu testemunho deve ser altamente estimado, pois eles conhecem muitas coisas entre o céu e a terra com que nossa sabedoria escolar não poderia ainda sonhar. Nossos mestres conhecem a psique porque se abeberam em fontes que nós, homens comuns, ainda não tornamos acessíveis à ciência." Aproximadamente 40 milhões de pessoas no mundo têm doença de Alzheimer. Um milhão só no Brasil! Esta demência é uma enfermidade incurável que se agrava ao longo da vida. Praticamente todos os pacientes são idosos – é popularmente conhecida como "caduquice". O médico e cientista Alois Alzheimer a descreveu por volta de 1906, a partir da observação de uma paciente sua na época. Desde então, apesar de grandes avanços tecnológicos e terapêuticos, não mudou muito sua repercussão na vida das pessoas afetadas. O romance “Nosso Alzheimer” nos permite enxergar a vida de quem tem a doença através de um olhar sensível e profundo. E, desse delicado ponto de vista, podemos perceber, por um instante, que até mesmo na doença pode haver um lado positivo: quando o esquecer é bom. Doutor Marcelo Nunes, Neuropsiquiatra

Customer Reviews


We Also Recommend